John Bell, do Widespread Panic, critica a indústria musical, fala sobre novo disco do grupo, Dirty Side Down e filantropia

Deixe um comentário

19 de junho de 2010 por osagaz

Drew Fortune, do site PopMatters, entrevistou o guitarrista e vocalista do Widespread Panic, John Bell. Na entrevista, o músico fez duras críticas à indústria musical, falou sobre Dirty Side Down, décimo primeiro álbum do grupo e sobre importância da filantropia.

Crítico ferrenho da indústria musical, Bell detonou artistas que estão preocupados exclusivamente em gravar canções de 3 minutos para agradar os chefes das gravadoras. “Eu sempre achei que que esse é um jeito muito idiota de se criar música. Mas, isso facilita o trabalho das companhias gravadoras em colocar uma música no rádio. Especialmente quando nós estávamos começando, aquilo realmente não era da nossa natureza. Nossas músicas levam de cinco a oito minutos para contar uma história e se desenvolver,” disse o vocalista.

Sobre o novo disco, Bell falou que as canções do álbum são únicas. “As músicas são muito diferentes umas das outras, e este álbum é diferente de todos os outros que vêm à minha mente. Na verdade, a proposta que surgiu no estúdio era reminiscente de alguns de nossos antigos trabalhos, mantendo o instrumental com mais arestas, sem tantos [instrumentos de] sopros extra e vozes extras. Como na [canção] Dirty Side Down. Eu cantei nela quatro partes diferentes, e é realmente enlouquecedor pensar em como cantar essas quatro partes com uma única voz (risos).”

O músico também aproveitou para elogiar bastante o guitarrista Jimmy Herring (que já tocou o The Allman Brothers Band, Col. Bruce Hampton and The Aquarium Rescue entre vários outros), que gravou seu segundo álbum com o grupo, e afirma que a presença do novo guitarrista pouco alterou o trabalho do conjunto. “Este é o nosso segundo Jimmy Herring, e ele trouxe sua Jimmynice à mesa, então nesse senso, é a mesma coisa mas também é diferente. Ele é um talento único, e nós não tínhamos trabalhado diretamente com ele até estes dois últimos álbuns,” afirma Bell.

Assista a uma versão ao vivo de Ribs and Whiskey, do álbum Earth to America, de 2006

Reconhecido filantropo, Bell é um ativista pelo combate à Atrofia Muscular Espinhal, a SMA, tendo angariado mais de 2 milhões de dólares para fundações que pesquisam a cura desta doença. O músico falou que herdou este hábito de seu pai, que também ajudava os mais necessitados. “Meu pai sempre foi um convicto doador, mas ele fazia isso de forma silenciosa. Eu acho que ele sempre se sentiu melhor fazendo doações do que pagando impostos,” disse.

Bell relembrou um caso que aconteceu em 1990, quando a banda iria tocar em Saint Louis, no Missouri, e a cidade estava sofrendo com enchentes. “Quando você está numa posição igual a que nós estamos agora, você vai para muitas partes do país e do mundo e vê as coisas acontecendo. Eu lembro das enchentes de Saint Louis e nós iríamos tocar em um festival, e lá estávamos nós pedindo dinheiro para a comunidade. Doando, nós estávamos provendo um serviço, se você quiser falar em termos de negócios, mas sofrimento estava acontecendo por lá, e aquilo foi uma das primeiras vezes que fizemos esse tipo de coisa. Nós não fizemos muita grana com aquele show, então doamos nosso próprio dinheiro para o fundo de enchentes local,” conclui o vocalista.

O Widespread Panic foi formado em 1986, em Athens, no estado americano da Georgia, lar do R.E.M. O grupo é, ao lado do Gov’t Mule e do The Black Crowes, um dos principais nomes do southern rock americano da década de noventa. O grupo já lançou 11 álbuns, sendo Dirty Side Down o mais recente. O disco, lançado em 25 de maio deste ano, pela gravadora do grupo, a Widespread Records, conta com uma versão para a música This Cruel Thing, do cantor Vic Chesnutt, que morreu em dezembro do ano passado. Além de Bell e Herring, o conjunto é formado pelo tecladista John Hermann, pelo baterista Todd Nance, pelo percusionista Domingo S. Ortiz e pelo baixista Dave Schools.

Fonte: PopMatters

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: