Joni Mitchell questiona autenticidade de Bob Dylan e elogia Jimi Hendrix

Deixe um comentário

23 de abril de 2010 por osagaz

Por Ricardo Pierre

Em entrevista ao jornal americano LA Times, a veterana cantora folk canadense Joni Mitchell declarou que o cantor e compositor Bob Dylan é uma farsa. Joni, que conversou com o jornalista Matt Diehl, disse que Dylan plagiou muitos artistas. “Ele não é totalmente original. Ele é um plagiador, e seu nome e sua voz são falsos. Tudo sobre Bob é uma fraude. Nós somos opostos, como o dia e a noite”.

O nome verdadeiro de Dylan é Robert Zimmerman. No entanto, a pŕópria Joni Mitchell, nascida Roberta Joan Anderson, passou por mudanças de nome. “Sobre meu nome, meus pais queriam um garoto, então eles me chamariam Robert John. Como nasci garota, eles acrescentaram dois A s ao meu nome. Depois, me casei com Chuck Mitchell. Eu queria manter meu nome de solteira – eu já tinha alguns fãs como Joni Anderson – mas Chuck não deixou”.

Joni ainda falou dos primórdios de sua carreira e sobre a evolução de sua música. “Meus primeiros álbuns trataram de problemas comuns da juventude – procurando por amor em lugares errados – enquanto os cinco álbuns seguintes eram basicamente sobre estar na casa dos 30 anos. As coisas começam a perder profundidade. Na meia-idade, você entra num período trágico. Você começa a perceber que o animal humano não está mudando para melhor”, diz a cantora, que também fez duras críticas ao público americano. “Os americanos decidiram ser estúpidos e vazios nos anos 80. Madonna é igual a Nero, ela é o ponto de ruptura”.

Ouça uma versão ao vivo para o clássico Free Man in Paris, do álbum Court and Spark, de 1974:

Jimi Hendrix também foi relembrado pela cantora, mas dessa vez, de forma bem mais elogiosa. Joni falou dos shows que fizeram juntos e da personalidade do guitarrista. “Um pouco antes dele morrer, Jimi Hendrix, seu baterista [Mitch Mitchell] e eu nos sentamos e ouvimos fitas de nossos shows durante toda a noite. Jimi era o cara mais doce. Ele construiu sua reputação colocando fogo em suas guitarras, mas isso, eventualmente, tornou-se repugnante para ele. ‘Eu não aguento mais fazer isso’, ele dizia. ‘As pessoas vem aos shows esperando por isso. Eu apenas gostaria de ser como Miles [Davis]”, recorda a lendária cantora.

Fonte: NME

LA Times

Crédito da imagem: PegaCifras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: